O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), vai destinar R$ 100 mil para a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), com o objetivo de contribuir atender às famílias em situação de vulnerabilidade social neste momento de calamidade causada pela pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (31), quando, durante audiência pública realizada com a secretária da Semcas, Andréa Lauande, o Parlamento acordou que destinará R$ 3,1 milhões para o setor.

Osmar lamentou que o valor não vá suprir a projeção total da Secretaria, mas creio que já é um grande passo para ajudar no atendimento a essas famílias neste momento de calamidade. “Pra gente fazer de forma coletiva, como fizemos com a emenda da saúde, acho que cada um destinando R$ 100 mil a gente ultrapassa a previsão de R$ 1.148.000,00 da Secretaria para a aquisição de cestas básicas, tendo em vista que deve abrir um novo cadastro”, disse o vereador que o recurso ainda pode ser destinado para moradia e auxílio funeral.

Durante a audiência pública, Andréa Lauande fez um balanço do trabalho que vem sendo desenvolvido e ressaltou que é a primeira vez na história que estão sendo direcionada emendas específicas para serviço na assistência social, em uma ação robusta desta Casa, fazendo a política pública acontecer na ponta, com critérios técnicos. “Quando se fala de recurso financeiro, quero registrar que até agora não recebemos nenhum recurso federal para atender a questão da pandemia. Nós estamos trabalhando com a única parcela que nós recebemos, que envolve todos os serviços, no mês de janeiro, com quase meio milhão a menos”, acrescentou a gestora, agradecendo a iniciativa do Legislativo Municipal.